A verdade sobre a marca Daslu

O Brasil ocupa a sexta colocação entre os países mais ricos do mundo, quando se leva em consideração o seu PIB (Produto Interno Bruto).

No entanto, o país possui poucas referências em relação ao mercado de luxo. De acordo com o mestre em administração André Cauduro D’Angelo em seu livro “Precisar não Precisa, Um olhar sobre o consumo de luxo no Brasil”, o país (no momento de sua pesquisa) possuía apenas três marcas fortes relacionadas ao segmento: a joalheria HStern, o Copacabana Palace e a Daslu.

Leia também: As Havaianas mais valiosas da história.

E por falar em Daslu, você deve estar se perguntando, como está a marca atualmente? pois se você questionar os seus atuais administradores certamente dirão que “muito bem, obrigado.”

A marca foi considerada durante algum tempo um verdadeiro “templo do luxo” com potencial de crescimento comparado à cadeia espanhola de lojas de departamento El Corte Inglés ou à londrina Harrods.

A Daslu surgiu por iniciativa de duas empresárias Lúcia Piva de Albuquerque e Lourdes Aranha dos Santos, em 1958. A pequena boutique vendia artigos de grifes famosas como, por exemplo, Chanel e Hermés para um público feminino seleto em um bairro residencial considerado nobre na cidade de São Paulo. O diferencial da loja era o tratamento que oferecia as suas clientes através do atendimento feito por vendedoras jovens e pertencentes à alta sociedade paulistana.

O status de “maior representante do luxo no Brasil” foi conquistado a partir dos anos de 1980 e mantido até 2005, ocasião em que a marca teve que mudar de lugar por já ter esgotado as possibilidades de expansão e adquirido inúmeros imóveis no bairro. A mudança para a Vila Olímpia exigiu um investimento de duzentos milhões de reais e a gestão de uma área de 17.000 metros quadrados.

A Villa Daslu se tornou uma referência de luxo e sofisticação no Brasil e atendia clientes com alto poder aquisitivo vindos de diferentes regiões do país. Mas foi também a partir de 2005 que a Daslu teve que enfrentar um período turbulento, por conta do fim das investigações de sonegação fiscal que levaram à prisão alguns diretores e sócios da marca.

O impacto deste evento foi tão forte para sua imagem que o retorno só foi possível quase sete anos depois. Em 2012, a Daslu volta ao mercado depois de passar por um leilão e regularizar questões judiciais pendentes. Atualmente conta oito lojas em grandes cidades brasileiras, as principais no Shopping Cidade Jardim e JK Iguatemi, em São paulo e o restante nas cidades de Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Brasília, Recife, Curitiba e Porto Alegre. As lojas comercializam artigos das linhas Daslu, Daslu Homem, Daslu Boys & Girls, Daslu Casa e Daslu Couture.

Recentemente a Daslu fechou uma parceria com a Liberty London, uma importante loja de departamentos para o lançamento de uma coleção limitada desenvolvida pela marca.

Daslu

Império Daslu na Vila Olimpia em São Paulo Foto: Poder Online

Império Daslu na Vila Olimpia em São Paulo Foto: Poder Online

Decoração das novas lojas Daslu. Foto: Dtajeans.

Decoração das novas lojas Daslu. Foto: Dtajeans.

Pesquisas relacionadas:

  • tudo sobre a loja da Daslu