As marcas mais valiosas do mercado de luxo

Na sua opinião o que é melhor, vender produtos para milhões de pessoas por um preço baixo ou comercializar peças valiosas para um público restrito?

Leia também: Aprenda a pronunciar o nome de marcas e grifes famosas.

Uma pergunta complicada de responder já que somos condicionados a acreditar que o sucesso de um produto está diretamente relacionado ao grande número de unidades vendidas.

No entanto, para os empresários do segmento de luxo a qualidade dos clientes costuma ser mais significativa do que a quantidade, e qualidade neste contexto significa alto poder aquisitivo e fidelização.

O mercado de luxo vem crescendo de maneira extraordinária nos últimos anos, crescimento que pouco foi afetado pela crise econômica na Europa e Estados Unidos.

Conheça a seguir as cinco marcas mais valiosas do mundo do luxo.

5. Rolex: US$ 7,9 bilhões
A Rolex se tornou mundialmente conhecida por seus relógios de pulso de alta qualidade. A marca suíça surgiu em 1905 por iniciativa de Hans Wilsdorf e Alfred Davis. Entre suas criações mais bem sucedidas está o luxo e exclusividade do Rolex Day Date, no valor de US$ 97.300,00 e o modelo Chronograph, o Rolex de 1,16 milhão de Dólares.

Rolex Chronograph o modelo milionário.

Rolex Chronograph o modelo milionário.

4. Prada: US$ 9,4 bilhões
A casa de moda italiana foi inaugurada em 1913, por Mario Prada. Conquistou seu reconhecido sucesso ao fabricar roupas sofisticadas, os melhores perfumes e as famosas bolsas de couro de avestruz que são vendidas por cerca de US$ 10.000 cada.

Perfume considerado o melhor do mundo da Prada.

Perfume considerado o melhor do mundo da Prada.

3. Gucci: US$ 12,7 bilhões
Surgiu em Florença no ano de 1921, através da iniciativa de Guccio Gucci. A marca tem experimentado um crescimento significativo desde 2012, quando seu valor passou dos US$ 8,6 bilhões para 12,7 bilhões dólares. A famosa bolsa de crocodilo da Gucci é vendida por aproximadamente US$ 35.000.

O cinto mais caro do mundo de platina e diamantes que custa US$ 256,970.

O cinto mais caro do mundo de platina e diamantes que custa US$ 256,970.

2. Hermès: US$ 19,2 bilhões
A fabricante francesa de luxo foi criada em 1837 e atualmente é a segunda mais valiosa do segmento em todo mundo. Entre as criações mais surpreendentes está a bolsa de US$ 1,9 milhão da Hermès e a camiseta masculina de couro de crocodilo, vendida por US$ 91.500. A Hermès estabeleceu um recorde mundial, quando uma de suas bolsas mais famosas, a Hermès Birkin foi vendido em leilão pelo preço surpreendente de US$ 203,150 tornando-se a bolsa mais cara já vendida em um leilão. Outra peça que chamou a atenção da mídia pelo alto valor foi a bolsa de US$ 1,9 milhão da Hermès.

Bolsa mais cara do mundo da Hermès.

Bolsa mais cara do mundo da Hermès.

1. Louis Vuitton: US$ 28,4 bilhões
A Louis Vuitton foi fundada na França por Louis Vuitton, em 1854. A marca ocupa o topo da lista das grifes mais valiosas do mundo e a décima posição na lista da Forbes. Se tornou uma referência na fabricação de malas e bolsas para viagem e suas melhores criações não são encontradas por menos de US$ 10.000. Recentemente noticiamos uma parceria valiosa da marca com uma grande montadora de automóveis de luxo no artigo: Louis Vuitton faz parceria exclusiva com BMW.

Parceria da grife com a BMW.

Parceria da grife com a BMW.

Fonte: ealuxe.com

Pesquisas relacionadas:

  • grifes mais caras do mundo
  • marcoa de roupas de luxo
  • bolsa chanel mais cara
  • camisa da prada e mais cara
  • quais os nomes de marcas mais caras do mundo
  • quanto vale a marca luxuosa da Hermès?