Descubra porque você não teria coragem de usar este relógio

Relogio Mais caro do mundo
Nas últimas décadas a indústria relojoeira tem enfrentado grandes dificuldades. Usar relógios de pulso se tornou pouco atrativo depois que os telefones celulares passaram a mostrar as horas.

No caso do Brasil, ainda há outro agravante que são os assaltos constantes que acabam desestimulando a aquisição do acessório.

Mesmo assim, existem muitas pessoas que cultivam um grande apreço por relógios e investem verdadeiras fortunas em grifes famosas. Há, no entanto, um modelo que a maioria das pessoas não teria coragem de usar. O motivo é seu alto valor e relevância histórica: estamos falando do Breguet Grande Complication Marie-Antoinette No. 160 ou simplesmente The Queen.

Foi criado pelo famoso relojoeiro suíço Abrahan-Louis Breguet entre os anos de 1782 e 1827. A peça possui estrutura em ouro e engrenagem altamente complexa para os padrões da época.

Segundo alguns historiadores, ele foi encomendado por um amante da rainha Marie-Antoniette, mas nunca foi entregue já que ela morreu na guilhotina antes de sua finalização.

O The Queen fazia parte do acervo do L.A. Mayer Institute for Islamic Art em Jerusalém quando foi roubado na década de 80. O valioso item foi recuperado quase trinta anos depois e recebeu uma réplica tão valiosa quanto o original. Estima-se que a peça autêntica valha US$ 30 milhões e sua cópia cerca de US$ 10 milhões.

Quem teria coragem de carregar consigo tamanha fortuna?

Relogio Mais caro do mundo-04

Relogio Mais caro do mundo-03

Relogio Mais caro do mundo-02