Grife Francesa apresenta o “milagre” do rejuvenescimento

Nas últimas décadas, envelhecer se tornou um problema para a maioria das pessoas. Em uma sociedade que valoriza a beleza e a juventude, apresentar cabelos brancos e rugas na pele é algo temido e indesejado.

Leia também: Os 5 melhores cosméticos do mundo.

Neste contexto a indústria da cirurgia plástica e de cosméticos vem desenvolvendo estratégias para prevenir ou atenuar os sinais da passagem do tempo.

Um exemplo disto é o creme facial “Or Rouge”, desenvolvido pela famosa grife francesa Yves Saint Laurent. O nome em francês significa “ouro vermelho” e está relacionado com o principal ingrediente da fórmula: o mais caro açafrão do mundo. A YSL descobriu a novidade após pesquisar esta espécie exclusiva que só se desenvolve na Cordilheira do Atlas, no Marrocos.

O açafrão cultivado nesta região é especial por apresentar alta concentração de um polissacarídeo glicano que desempenha um papel importante na comunicação entre as células da pele. Com o passar do tempo ocorre uma diminuição deste componente no organismo humano e a consequente redução na produção de colágeno.

A pesquisa para o desenvolvimento do “ouro vermelho” foi realizada pelo Dr. Ali Rozina para a L’Oreal, marca que administra a YSL. O creme promete resolver de forma milagrosa problemas como linhas finas, marcas de expressão, rugas e outros sinais de envelhecimento.

O tratamento rejuvenescedor “Or Rouge” foi lançado inicialmente no site da YSL no valor de US$ 420 por 50 ml, US$ 240 por 15 ml e o creme para os olhos no valor de US $ 150 por 200 ml.

Imagem de divulgação.

Imagem de divulgação.

Imagem de divulgação.

Imagem de divulgação.

Fonte: luxurylaunches.com