Você sabe por que esta é a arma medieval mais cara do mundo?


Atualmente as séries e filmes que exploram a temática medieval fazem muito sucesso. A possibilidade de viajar por um universo completamente diferente do nosso é um dos motivos para os recordes de audiência. Além disso, o público costuma ficar muito empolgado quando as lutas e batalhas são retratadas com riqueza de detalhes.

Antes da invenção da pólvora e do desenvolvimento tecnológico para fins bélicos, era preciso muito treinamento e habilidade manual para um duelo. As armas utilizadas nos conflitos se tornaram lendárias e algumas delas foram vendidas em leilões por valores impressionantes.

A arma medieval mais valiosa do mundo foi vendida duas vezes. Trata-se de uma espada e bainha que remetem ao imperador chinês Qianlong na dinastia Qing (1644 – 1912). Foi vendida pela primeira vez em 2006 por US $ 5,93 milhões e em seguida por US $ 7,7 milhões.

O sabre em “S” possui detalhes em jade branco e lâmina em aço com decoração de ouro, prata e cobre. A arma possui alto valor por sua beleza e história.

Ainda no universo asiático, a katana (espada japonesa) mais valiosa do mundo foi vendida em leilão e pertencia a coleção do Dr. Walter Ames Compton. Quando morreu em 1992, suas 1.100 espadas japonesas foram vendidas na Christie’s – Nova York.

A mais valiosa possui lâmina Kamakura e foi elaborada do século 13. O comprador anônimo pagou US $ 418 mil por ela.